Portal O Novo Oeste
Copacol Supermercados

Cafelândia vai seguir o novo decreto do governo e vai promover quarentena dos serviços não essenciais


30/06/2020

Cafelândia vai seguir o novo decreto do governo e vai promover quarentena dos serviços não essenciais

A falta de profissionais de saúde e sedativos para a intubação dos pacientes junto com o aumento dos casos da décima regional de saúde que Cafelândia faz parte, fizeram com que o munícipio adotasse as novas restrições do governo do estado, de quarentena que vão valer nos próximos 14 dias, a partir de amanhã.

Próximos 14 dias

Por 14 dias – prorrogáveis por mais 7, se necessário –, ficam restringidas as atividades econômicas não essenciais (shoppings, galerias, comércio de rua, feiras, salões de beleza, academias, bares, casas noturnas) e lojas no geral.

- Também fica proibida a circulação de pessoas em vias públicas das 22h às 5h.

- O funcionamento dos mercados ficará restrito de segunda a sábado, das 7h às 21h. O fluxo ficará limitado a 30% da capacidade total, devendo ser controlado com a distribuição de senhas. O acesso será limitado a uma pessoa da família e está proibida a entrada de menores de 12 anos.

- Fica suspenso o funcionamento de serviços de conveniência em postos de combustíveis – exceto nas rodovias.

- Restaurantes e lanchonetes poderão atender somente no sistema drive-thru, delivery ou take away (retirada no balcão).

- Reuniões profissionais ou pessoais devem ser realizadas virtualmente e, quando necessário, com no máximo 5 cinco pessoas e afastamento de 2 metros entre si.

- A fiscalização será realizada pela Polícia Militar em parceria com os fiscais da prefeitura sob pena de multa em caso de descumprimento.

Amanda Menck
Bortolato
BioNova
Trevisol
Juliano
Rosa Choque
Center