Portal O Novo Oeste - Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar conta com a parceria de Cafelândia
Portal O Novo Oeste
Copacol Supermercados

Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar conta com a parceria de Cafelândia


06/09/2019

Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar conta com a parceria de Cafelândia

O Governador Ratinho Junior, destaca que as iniciativas fortalecem a produção de alimentos no Estado

O Governo Municipal de Cafelândia esteve representado em Curitiba nesta semana no Palácio do Iguaçu, pelo prefeito Dr. Franus e a presidente do CONSEA - Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Judite Bartzike, durante o lançamento do Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar no Paraná - Coopera Paraná.

O Governador Carlos Massa Ratinho Junior, afirmou que as iniciativas fortalecem ainda mais a produção de alimentos no Estado, que é um dos maiores produtores agrícolas do mundo. “A ideia é fomentar, melhorar a renda das famílias, produzir alimentos cada vez mais saudáveis e fazer com que a agricultura familiar possa industrializar esses alimentos”, afirmou.

Para o prefeito Dr. Franus, este programa vem para ajudar os pequenos agricultores. “Com esta novidade, o apoio a agricultura familiar tem como objetivo o fortalecimento das organizações cooperativas para melhorar a competitividade e a renda dos agricultores. Além disso, vão oferecer assessoramento para as cooperativas, capacitação e muito mais. Parabenizo o governo do estado pela iniciativa, estaremos sempre em busca de informações para participarmos de programa como este ”, destaca Dr. Franus.

No mesmo evento, o governador regulamentou a Lei 16.751/10, que prevê que a alimentação das escolas da rede estadual de ensino seja composta totalmente por alimentos orgânicos. “É muito bom ver que o nosso prefeito está buscando recursos para essa área da agricultura familiar através destes eventos estaduais. Cafelândia é um município que já conta com mais de 60 agricultores que estão inclusos na agricultura familiar e esta lei da alimentação vem para somar e trazer benefícios aos alunos”, fala Judite Bartzike.

A ideia é aumentar gradualmente a inclusão de produtos orgânicos na alimentação escolar até atingir o objetivo de 100% da merenda em 203

Bortolato
Sicredi
Nova Aurora
Center
Assis
Sérgio Souza
Eletromarques