Portal O Novo Oeste - Colaboradores do Matrizeiro da Copacol são destaques no Brasil
Portal O Novo Oeste
Banner

Colaboradores do Matrizeiro da Copacol são destaques no Brasil


14/09/2018

Colaboradores do Matrizeiro da Copacol são destaques no Brasil

A tarde de ontem, quinta-feira, foi de comemoração para a equipe de 36 colaboradores do Matrizeiro de Cafelândia.

O motivo da celebração foi o recorde nacional na produção de 164,94 pintainhos por matriz alojadas da linhagem Hubbard na Unidade.

E como forma de reconhecimento a este resultado obtido pela equipe, um momento especial foi preparado no refeitório do Matrizeiro para que todos pudessem ter conhecimento do novo índice alcançado.

“É um orgulho muito grande poder conquistar mais uma vez um resultado tão expressivo como este. Nossa equipe é muito dedicada e este mérito se deve ao desempenho que eles desenvolvem todos os dias com comprometimento na atividade”, ressalta o coordenador do Matrizeiro, Ivan Francisco Pavan, que relembra ter sido a segunda vez que a equipe recebe este reconhecimento em nível nacional.

Saiba como funciona a atividade do Matrizeiro

Antes mesmo de chegar a este resultado um importante trabalho de manejo é realizado pela equipe dos colaboradores durante 23 semanas.

A princípio o grupo recebe o pintainho com um dia de vida e então ele passa pelos cuidados da primeira equipe, que realiza o processo de vacina e a contagem das aves.

Posteriormente, os auxiliares de recria continuam com as atividades alimentando os pintainhos com ração, água e promovem outros cuidados especiais com cama e aquecimento do ambiente.

“Este procedimento é feito manualmente por três semanas devido à dificuldade dos animais de acesso ao equipamento de alimentação que os Matrizeiros possuem. Então eles precisam ser alimentados em comedouros infantis e esse trabalho deve ser feito de forma manual”, explicou Ivan.

Após este período os colaboradores contam com o apoio do giro mecânico. Local em que são abastecidas determinadas quantidades de ração, por box e/ou galpão de acordo com a quantidade de aves alojadas.

“Ainda ao decorrer destas 23 semanas de permanência das aves no Matrizeiro, os colaboradores realizam o processo de acompanhamento de vacinação das aves e o processo de seleção das mesmas, onde são separadas por categorias no ganho de peso”, conclui Ivan, ressaltando que cada etapa precisa ser realizada com bastante destreza para que o resultado seja eficaz.

Curta a página do O Novo Oeste no Facebook, e receba informações do que acontece na região Oeste do Paraná

https://www.facebook.com/onovooeste


W van
Nova
albaugh
Unica Faculdade
Master Farma
Clinicanalises
Metalpar